Segundo o jornalista Flávio Ricco, nova novela da emissora vem sendo usada para atacar outra religião

Recentemente, a Rede Record estrou uma nova novela bíblica, trata-se de “Apocalipse”.

Porém, não só para conquistar audiência e lucro a nova trama vem sendo usada, mas também para novos fins.

Segundo o jornalista Flávio Ricco, dentre entre todas as novelas religiosas exibidas até o momento na Rede Record.

Apocalipse é a trama que tem a maior presença da igreja de Edir Macedo, a Igreja Universal do Reino de Deus. Vale lembrar que Edir Macedo é dono da Record e líder da igreja.

Ainda segundo o jornalista, Apocalipse faz ataques ao catolicismo em praticamente todos os capítulos, de uma maneira muito direta.

A situação acabou surpreendendo muita gente e desanimando boa parte da produção da novela.

Com o fanatismo bem evidente, a situação acaba prejudicando a autora da própria novela, Vivian de Oliveira, pois a emissora está acrescentando falas, passagens e cenas que ela não escreveu, segundo Flávio Ricco.

Essa situação é mais uma dominação da Igreja Universal do Reino de Deus na grade da Rede Record. A igreja já usa horários na emissora para ficar sempre em evidencia.

Vale destacar que 64,8% da população brasileira, ou mais exatamente 123 milhões de pessoas, se declaram católicos, segundo o último censo do IBGE.