A novela das nove da Rede Globo, O Outro Lado do Paraíso, não vem agradando tanto o público com as suas cenas polêmicas. Muitos telespectadores reclamam das cenas pesadas, com muita tristeza e violência que vem sendo exibidas.

É o que conta o jornalista Daniel Castro. Segundo ele, a direção da novela começa a se mexer, e O Outro Lado do Paraíso deve ganhar nova cara. A anã Estela, interpretada por Juliana Caldas e o gay Samuel, interpretado por Eriberto Leão podem desaparecer da trama, assim como as agressões de Gael, interpretado por Sergio Guizé, a sua esposa Clara, interpretada por Bianca Bin.

Diretor da trama, Mauro Mendonça Filho deve fazer alterações, já que a novela é criticado por não conter muitas cenas de humor e alegria. Vale lembrar que O Outro Lado do Paraíso tem a dura missão de substituir A Força do Querer, novela de grande sucesso na Globo.

A passagem de tempo que estava programada em O Outro Lado do Paraíso pode acontecer antes do tempo planejado, e com isso a novela ganhará um fôlego novo e promete surpreender.

Estela (Juliana Caldas) terá menor visibilidade na primeira fase de O Outro Lado do Paraíso. (Foto: Reprodução/Globo)
Foto: Reprodução

O Outro Lado do Paraíso e seus erros

Com quase um mês no ar da Rede Globo, O Outro Lado do Paraíso ainda não caiu no gosto dos telespectadores. A promessa de uma história envolvente de Walcyr Carrasco, autor da trama, ainda não foi atingida, e um primeiro grupo de discussão já foi realizado.

Segundo a jornalista Patrícia Kogut, a primeira reunião foi antecipada pela emissora, que busca reverter os erros iniciais da novela. Os maiores erros apontados pelo público ouvido foram as cenas de agressões e sofrimento de Gael contra Clara, a falta de alegrias e personagens mais alegres e toda a derrocada de Beth, interpretada por Gloria Pires.

Com os principais erros encontrados, resta saber se O Outro Lado do Paraíso terá mesmo uma nova cara e conseguirá agradar o seu público após a passagem de tempo.